Alertas falsos ocupam 39 mil bombeiros todos os anos

ALFREDO MAIA | 11/05/2015

 

Mais de 11% do total das ocorrências registadas anualmente pelo sistema de socorro a incêndios florestais nos últimos 14 anos foram alarmes falsos, mobilizando em vão milhares de meios de combate aos fogos e dezenas de milhar de bombeiros e outros operacionais em todo o país.

Segundo a análise feita pelo "Jornal de Notícias" às listas anuais do Sistema de Gestão de Incêndios Florestais (SGIF), entre 2001 e 2014, mais de 50 mil das quase 430 mil ocorrências totais eram alarmes falsos - uma média anual de quase 3600, correspondentes a 11,4% de um total médio superior a quase 32 mil ocorrências.

 

in Jornal de Notícias